quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Já não sei mais nada.


Acho que todos nos temos a obrigação de participar da vida pública seja na cidade, estado ou federação e esta participação se faça com respeito, com diálogo, mostrando como entendemos aquilo que se passa no nosso dia a dia. Logicamente alguns seguem correntes políticas, são capazes inclusive de se matarem na defesa de seus pontos de vista.
Desde há muito me decidi por participar escrevendo, nos meus espaços, inclusive em jornais,  costumo colocar o que penso, as vezes calmo outras vezes nem tanto, mas, confesso que hoje, neste momento, me sinto num redemoinho de idéias o que me dificulta até mesmo sobre  o que escrever. Como é possível que existam pessoas defendendo ditadura? Como entender este amor incondicional por um crápula como Bolssonaro, como aceitar que uma verdadeira quadrilha esteja vendendo o meu país? Como conviver com pessoas sendo assassinadas nas ruas por tiroteios, mulheres, crianças, velhos já não se poupa ninguém. Impossível aceitar pessoas que ainda hoje elogiam, a ”ditadura” como um tempo de felicidade?
E os mortos, o desaparecidos? Muitos deles sem nenhuma prova contra si, apenas pela denúncia de algum vizinho que não gostava, delatava para os milicos e fim, nunca mais se ouvia falar nas pessoas. Ninguém mais tem condições de viver com tranqüilidade, seu carro, sua casa, sua família, sua vida está tudo por conta do beleleu, a classe política se auto locupleta, se auto intitula dono de tudo e de todos, vende, seqüestra, agride, humilha transfere as riquezas o patrimônio do estado para outros grupos e a gente nada pode fazer. Riquezas construídas com o nosso suor, com o nosso esforço, com o nosso dinheiro simplesmente trocam de donos.
Vivemos de sonhos, de planos que não dão certo, autoridades que não tem vergonha de nos manter enrolados com mirabolantes soluções apenas trocando e nome e a cara do fantoche. Nossa segurança é tratada apenas em reuniões de gabinete, como se “autoridades” tomando café e fumando impusessem algum respeito na bandidagem. Pagamos caro para ter segurança,não temos, pagamos altos tributos para podermos viver melhor, o dinheiro some e cada dia a coisa fica pior. Até quando? Até quando vamos aceitar a chibata no lombo sem nem ao menos levantar os olhos para ver a cara de nosso carrasco?
Bom dia.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

ACIDENTE,COMPLÔ OU SUICÍDIO ?


Ninguém, de sã consciência, deixa passar despercebida qualquer uma destas hipóteses, mesmo os mais incrédulos, os mais céticos os mais ingênuos dos brasileiros ao tomar conhecimento de “acidentes” desta natureza quando envolvendo autoridades. Imagine-se então este acontecido ontem e Paraty no Rio de Janeiro que vitimou ninguém mais, do que o relator dos processos da operação lava jato o homem que coincidentemente havia recebido para homologação um dossiê onde constavam nomes de envolvidos em esquemas de propinas com uma grande construtora.

Até aqui, mesmo ninguém sendo investigador de polícia, mas apenas tendo cérebro já tira uma conclusão óbvia; os elencados, todos, são a partir de agora SUSPEITOS principalmente aqueles que já de antemão falavam em afastar, tirar, impedir as ações deste ministro. Mais além, existem até conversas de políticos antecipando “FURO” de notícias que abalariam o STF. Neste particular nosso país tem uma sina muito triste pois a lista é bem extensa quando se busca pesquisar sobre acidentes e mortes estranhas que tenham acontecido com políticos, ou pessoas influentes. Já tivemos Getúlio Vargas “suicidado” Juscelino morto em “acidente” nunca devidamente esclarecido, João Goulart que “envenenou-se” Leonel Brizola, idem temos também Castelo Branco morto em “acidente” de avião, tivemos Tancredo Neves que nas últimas de seu sofrimento pousou ao lado de médicos para fazer passar que estava muito bem, e faleceu logo após. Ulisses Guimarães também “sumiu” por sinal no mesmo local e seu corpo nunca foi encontrado.

Por ironias do destino Teori tinha em suas mãos coisas muito cabeludas envolvendo gente do alto “escalão” da sujeira nacional, começando pelo presidente, passando por ministros, e chegando no palco de ilusões o “congresso federal”. Muitos são os fatores influenciáveis nesta tragédia, existem interesses os mais diversos que deverão ser investigados, com respeito não só pela morte dos cinco passageiros, mas para provar ao povo sofrido deste país que realmente existe sim uma justiça, existe sim uma porção e magistrados,de de intelectuais,de Associações e entidades que deseja um Brasil passado a limpo. Chega de “queima de arquivos” basta de “acidentes” vamos acabar de vez com as “mortes sem solução”. 
Ora, se estamos todos sendo obrigados a aturar um governo onde todos estão de certa forma envolvidos em atos de corrupção, se estamos frente a um congresso sem nenhuma condição de representação, se temos um STF tomando certas medidas um tanto quanto discutíveis, se somos obrigados a conviver com a entrega total das riquezas deste país sem nada poder fazer para estancar a sangria, acho que está mais do que na hora de se dar um fim a tudo isto. A linha de ação é uma só; ACIDENTE? COMPLÔ? Ou SUICÍDIO 

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017


Pra variar,só acontece em Sapucaia.
Tomei conhecimento de um fato um tanto quanto descabido, e resolvi assumir também a bronca. Por enquanto não vou citar "nomes" mas se o autor desta palhaçada continuar com a mania a coisa vai tomar vulto e o caldo vai engrossar. O fato; Existe, na cidade uma praça chamada "praça da juventude" o nome é pomposo mas o estado da tal praça é deplorável. Muito bem, ali tem um cão que foi atropelado, o qual é alimentado e cuidado por uma pessoa de bom coração, o animal está sendo tratado e medicado graças a ajuda desta senhora.Acontece, que existe um determinado cidadão, que está tentando de diversas formas "sacrificar o animal" pois não concorda com a situação. Fui, nos tempos da D, Palmira Gobbi, agente da protetora dos animais, e nunca dei mole, inclusive tinha porte de arma pela quantidade de ameaças.Um animal só será "sacrificado" quando todas as possibilidades de recuperação forem esgotadas, fora disto É CRIME. O cão em questão, está bem,saudável, precisando apenas de uma prótese( coisa que eu faço gratuitamente) para ser adotado. Daí, vai um aviso a este cidadão; CUIDADO,MUITO CUIDADO com suas idéias mirabolantes de EXTERMINAR ANIMAIS POR CAPRICHO PESSOAL, pois você poderá perder o carguinho.E, reze,para que nada de mal aconteça a este cão, como por exemplo ele aparecer "envenenado" vou direto para cima de do suspeito. E, eu sou um chato.

No próximo dia 21 de janeiro completam-se 51 meses do desaparecimento de D, Beatriz Winck, lá no Santuário de Aparecida em São Paulo. Continuamos nas buscas, e pedindo a todos os acompanhantes desta página que nos ajudem com  possíveis  informações, pistas sobre pessoas desconhecidas em asilos,hospitais,casas de repouso até mesmo em casas de família que estejam sendo ajudadas
ONDE ESTÁ DONA BEATRIZ ?

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

INSEGURANÇA, DESRESPEITO E LADROAGEM


Um capítulo de uma novela, esta do cotidiano, da vida real. Uma conhecida ao retornar do trabalho entrou para o rol das estatísticas da polícia, foi assaltada por um vagabundo que enfiou o revolver no ouvido e fez com que entregasse todos os pertences, documentos, celular e a mochila onde estava o uniforme de trabalho. INSEGURANÇA. Até ai, nada de novidade é nosso cotidiano. Então vamos até a segunda DP fazer o devido registro da ocorrência, pois bandido não perde tempo, começa a agir logo em seguida, mas, que azar a DP está de greve, paralisada,por conta do governador que não respeita os direitos dos funcionários. Então vamos a internet, talvez a DP Online esteja atendendo. Tudo segue as mil maravilhas até trancar pela falta do RG, mas, tive todos os documentos ROUBADOS, e quero registrar, e agora? Então vamos até a primeira DP,porém antes telefonei e perguntei se estavam atendendo, a resposta foi sim. Lá chegando, aquele atendimento de décima categoria, explica o fato e a plantonista na hora busca no sistema o número do documento, rabisca no papel entrega e manda fazer o registro pela delegacia online. Eles estão paralisados, vejam só, acessa o sistema está com tudo na mão, o que é que custa registrar ali, na hora? São pouco mais de vinte linhas,e um histórico sobre o fato que na maioria das vezes é redigido (de forma errada) e conforme eles entendem, não como você declara, isto caracteriza, DESRESPEITO. Agora vem o terceiro item a LADROAGEM OFICIAL, o SEGUNDO ASSALTO que a vítima sofre, a busca pelas segundas vias dos documentos levados pelo primeiro ladrão. 

Ora bolas entendo que SEGURANÇA também é serviço essencial, sendo assim, se existe um plantonista ele DEVE atender a ocorrência seja ela morte, estupro, roubo, assalto, não interessa, é para isto que está empregado, e é para isto que pagamos impostos. Tenho batido muito e vou continuar a bater na maneira como somos, nos cidadãos, tratados principalmente em delegacias de polícia bem como pela Brigada Militar. Não são todos. Alguns atendentes, justamente por estarem no lugar de agentes da lei deveriam antes de mais nada  entender que pessoas traumatizadas por eventos desta e de outras natureza merecem respeito, merece atenção de profissional educado e não PATADAS.

Acho que o péssimo tratamento de alguns destes profissionais fazem com que as pessoas não registrem ocorrência, pois tem medo do tratamento.Funcionário públicos, ali estão para atender o público, não interessa se soldado, capitão, delegado, escrivão, inspetor, investigador, ou comissário  se não contar com um amigo, um conhecido ta na mão do diabo. Até quando?

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Pós graduação

Cursos de pós graduação.
Quem assistiu o jornal do almoço desta segunda feira e prestou atenção a entrevista do “ilustre” secretário de segurança, deve ter levantado as mãos para o céu agradecendo as iniciativas elencadas, segundo ele, para diminuir os altos índices de criminalidade no estado. Mas, é bom que se guardem as devidas cabíveis e obrigatórias reticências até por que, são apenas planos e como se sabe obras públicas tendem a percorrer um dificultoso processo burocrático até que se possa abanar bandeirinhas cantar o hino, e cortar a fita. 
Porém a coisa não termina por aqui, precisa toda uma logística, funcionários, equipamentos, viaturas, e tudo aquilo que acompanha um projeto desta magnitude. “Aliás” quem observou a fala do secretário, segundo suas próprias palavras deverá haver nestes complexos penitenciários (federais) tecnologia de ultima geração, evitando inclusive o acesso a internet e todas as demais mídias para que os internos ali colocados paguem efetivamente suas penas e não se especializem em outras modalidades de crimes, uma espécie de pós graduação.
Daí é que a gente ao invés de aplaudir, fica com mais raiva ainda, se estes imbecís sabem que existem tais equipamentos, por que instalar apenas agora e nos presídios federais? Obviamente, fica caracterizado o pouco valor dado a vida humana, e não estou me referindo aos apenados, estou falando justamente a facilidade que hoje existe para a comunicação entre as grandes organizações criminosas para alem dos muros, cercas e grades. Hoje, muitos dos assaltos, crimes, mortes acontecem justamente a mando de chefes que estão presos, mas, em total liberdade para gerenciar seus negócios. E quantas vidas são jogadas na vala.
Cada vez que enviamos um preso para presídios em outros estados estamos na verdade matriculando-o num curso de pós graduação um aprimoramento na arte de fazer o mal. Se quisessem realmente acabar com a bandidagem, se estivesse realmente tentando buscar soluções concretas deveriam criar uma Penitenciária com capacidade para seis, sete mil apenados em pleno coração da Amazônia, onde cada um plantaria e tiraria da terra o seu sustento. Ordens severas de abater qualquer aeronave que se aproximasse, sem identificação, e preso fugitivo ficaria livre até que um animal o devorasse,contato com a família só por correspondência,até o cumprimento total da pena imposta. Vigilância e administração por conta do exercito dos batalhões especializados na selva. Como se vê, solução existe,basta ter coragem.

Dois fantoches, para meia dúzia.


Pois, senhores e senhoras, ontem após o sobrevôo da misericórdia a dupla de fantoches desembarca no Parque de Exposições Assis Brasil para o seu grande espetáculo. Para uma platéia mais do que seleta, onde na linha de frente se destacavam policiais federais, seguranças, Brigada e Exército, alem de oficiais da Aeronáutica , público mesmo,povo, eram poucos uma minoria que a sigla dos indigestos havia conseguido amealhar junto a militância. Circo montado, platéia a posto eis que surgem em cena os dois principais atores do espetáculo, o primeiro e principal um boneco baixinho, cabeçudo com cara de urubu, acompanhado de outro com cara de reverendo, sorridente, parecendo doente mental. Junto a eles no palco montado uma legião de puxa sacos, que não se sabe ao certo o porquê da presença, sempre sorridentes agradecem com palmas e sorrisos a toda e qualquer palavra mais técnica ( a platéia nem imagina o que significa) coisas assim como; economia, arrocho, investimentos, superação, saúde, educação, pérolas para tentar maquiar a cara de uma noiva mais feia do que o próprio demônio. E, o script? Sobre o que versa? Há, o script, pois imaginem vocês que toda esta pantomima é apenas para “doar” “entregar” algumas unidades de ambulâncias para atendimento de emergências do SAMU. Não que ache desnecessário, mas acontece que temos atiradas ao tempo, em alguns depósitos pelo estado MILHARES de veículos, todos para a mesma finalidade, para as mesmas funções as quais só servem a estas alturas do campeonato, para virar ferro velho, e lembrem-se aquelas atiradas ao tempo, já foram um dia apresentadas como solução, foram misses que desfilaram no tapete vermelho da politicagem, tiveram sua hora de glamour, proporcionaram a muitos prefeitos e vereador alguma ajuda financeira (entendem não?) e hoje, velhas, feias sucateadas dão lugar a estas novas meninas bonitas, e  maquiadas. Daí, você abre jornais, e se tapa de nojo, com os elogios comprados a peso de ouro, que, aliás, nos pagamos, porque é preciso empurrar goela abaixo do povo ingênuo que um factoide de governador, e um golpista tomador de poder, são na realidade a salvação do povo, mesmo que este mesmo povo seja barrado com forças militares a mil metros de distancia dos falsos salvadores. Enfim, ambulâncias entregues, presídios prometidos, aplausos e cortesias recebidos, a comitiva real se despede, para uma troca de aeronaves, agora o destino e Portugal, onde encenarão outro ato da mediocridade política, participando de um velório. As grandes mídias agora deverão fazer o seu papel (estão sendo muito bem pagas) mostrar ao zé povinho que Deus existe, que Sartori é um governador e Temer é um presidente.
Bom dia.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Em três noites, duas horas de sono.

Isto mesmo,que você leu nestas três últimas noites, aqui em casa, tive direito a apenas duas horas de sono, tudo por conta de um morador que se faz uso do seu direito de convidar alguns "amiguinhos" e curtir um som da pesada a beira e dentro da piscina.Pelo andar da carruagem,se não acontecer algo de muito ruim, algum acidente ou coisa pior,, a situação se pressagia muito boa para este verão na casa de número 545 da Rua Caramuru no bairro Centro da cidade de Sapucaia do Sul, em compensação para os demais moradores,trabalhadores,pagadores de impostos residentes nas imediações vai significar insonia,dor de cabeça,raiva e um monte de outros  achaques, deboches, e provocações 
E, não se diga que nada foi feito,nada foi buscado na tentativa de reverter este quadro impiedoso de um bando de desocupados, ontem fui até a SEGUNDA DP, lavrei ocorrência (BO 58/2017) na sequência fui até a destacamento da Brigada Militar, onde fui muito bem atendido pelo capitão RODOLFO, este,ouviu todo o  relato da situação tomou nota e disse textualmente; Bem,vou pedir a guarnição para dar uma ronda mais seguida da área,mas, se a qualquer momento começarem os barulhos o sr. pode chamar a Brigada que vou deixar esta anotação na mesa do plantão,daí eles vão atender o seu chamado.(havia comunicado a ele as cinco vezes que acionei a brigada e não "tinha viatura ".
 Sai um pouco mais aliviado de minha peregrinação em busca de tranquilidade, afinal de contas havia feito uso de meu direito constitucional de usar os ditames da lei para exigir proteção, descanso. Tomei banho, comi um lanche e fui deitar (isto era 9,45 minutos) A meia noite acordo com o som da baderna a beira da piscina,e música Funk (é coisa do diabo). Começa tudo novamente,ma desta vez estou sob a proteção da lei, primeiro acionei a Guarda Municipal (disse que viriam ,mas,não vi ninguém) então parti para a segunda alternativa as palavras do capitão da Brigada.  Disquei o 190 chamou,chamou e nada. Vou então para o 3474 2099, bem , dai a coisa pirou de vez, o cara que atendeu achou que eu era algum marginal tal a educação mostrada, expliquei com calma o que estava acontecendo, que já havia registrado BO junto a DP,inclusive citei as palavras do capitão e a resposta foi a seguinte; - o sr. vai querer representar contra eles? respondi; mas já estou entrando com representação, o que é que o sr. quer que eu faça?  - Para deslocar uma guarnição o sr. terá que espera a viatura,e ir junto com eles para que se faça um TC. Insisti mais uma vez, mas amigo falei agora a tarde com o capitão Rodolfo  e foi ele que pediu para que acionasse a brigada. Resposta; Não interessa se foi sargento cabo,capitão tenente,major, o procedimento é este.E daí? Dai o som continuou até  as 4,00 da madrugada. Agora enquanto escrevo com olhos vermelhos cansado e com sono, o vagabundo causador de tudo dorme o sono dos anjos,curtindo a vagabundagem, descansando para mais uma noite de farras.

A verdadeira JUSTIÇA  só existe para políticos corruptos ou para quem paga propina.

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

As primeiras de 2017
Em alguns municípios a coisa politica já começou de maneira errada,inclusive aqui em Sapucaia do Sul,para variar. Acontece que tem prefeito que ao conceder entrevistas costuma frisar o clássico " tenho a maioria na Câmara assim fica bem mais fácil".Ledo engando sr. "prefeito" quem tem maioria na câmara é o povo, ou pelo menos deveria ser. Cada um dos que ali estão foram eleitos para trabalhar,para criar,para acompanhar,para fiscalizar atos , os quais seja para o bem da população e não do prefeito .Vejam o caso do palhaço que foi empossado em Porto Alegre, para extinguir secretarias ele teve "maioria", mas, para reduzir o número de CC em trinta por cento ele perdeu,ou seja, os senhores vereadores já mostraram a que vieram. Aqui na cidade com a troca de sete vereadores espera-se que pelo menos o ranço político diminua se bem que pelo discurso de posse de um vereador parece que a coisa vai continuar, ou seja, brigas,socos,ponta pês e depois pedidos de desculpas., e tudo continua na boa.

Chacina em Manaus com mais de 56 mortos, todos de maneira violenta. Muito simples de entender; se o governo não sabe como reduzir o número de bandidos,ou como abrir maias vagas nos presídios, a bandidagem resolveu por conta encontrar uma solução
retrato fiel de um país comandado por bandidos,e tristeza de um povo massacrado.

Em São Paulo o prefeito besta, levanta de madrugada, se veste de gari, e sai as ruas para trabalhar. Mais um deboche de um politicoide metido a bobo,gozando na cara de quem o escolheu, deveria depois do "trabalho" tomar um bom banho em sua sauna,em seu ofurô, mas ao invés de água essências e perfumes deveria colocar acido sulfúrico (H2SO4) para tirar o cheiro de lixo.

Se, depender da RBS, e do jornal ZH o novo prefeito de Pôrto Alegre já pode ser considerado futuro governador do estado,tal é a puxada de saco. Vai ser uma briga feia ele brigando com a tal "veia feia",aquela senadora de enfeite também a serviço da mesma empresa.

Minha contribuição para com o prefeito de Sapucaia,assim como aos vereadores empossados vai ser de continuar a trazer para este espaço, os elogios a quem os merecer, sugestões para solução de problemas e como não poderias ser diferente muita pauleira para que inventar de bancar o puxa sacos. Este Blog não tem rabos preso com nenhum político,não pede ajuda, não vende nada e o melhor, não tenho medo da cara feia.

Minha luta para 2017

Quero começar este novo ciclo de maneira diferente,quero desafiar as pessoas que me seguem,os que leem minhas postagens para juntos travarmos um verdadeira batalha. Como todos sabem, desde que aquela senhora D. Beatriz desapareceu misteriosamente lá em Aparecida,São Paulo, tenho me dedicado a auxiliar de alguma forma nas buscas. Milhares de Emails, correspondências a todas as autoridades, do estado e do país,contato sistemático com a família alem de mensagens pelas redes de informática. Ate agora, passados cinquenta meses nenhuma pista,nada. Das polícias não se pode esperar nada já que de norte a Sul do país elas estão mais perdidas do que qualquer desaparecido estão como baratas tontas,a polícia federal agora se dedica apenas a caça aos corruptos, civil e militar sem condições de controlar a bandidagem.O ministério Público diz que continua investigando, mas não dá nenhuma pista de como está fazendo este trabalho, já que trata o caso como segredo de justiça. Pergunto; porquê segredo de justiça? Será que este tal segredo é tão cabuloso  a ponto de não informar o marido de D.Beatiz, seu Delmar que definha pouco a pouco sem ter um minuto de sossego, sem dormir,tomando remédios? E a polícia de São Paulo, será que ainda lembra do caso? Por tudo isto quero pedir a todas as pessoas que me seguem, sei que tenho pessoas em quase todos os estados,que aumentem nossa rede, convoque seus parentes para que sigam este Blog, para que leiam as informações, para que nos tragam informações sobre pessoas que vageiam pelas cidades, andarilhos,pessoal de rua, estranhos que tenham sido acolhidos em asilos casas de repouso,hospitais. Qualquer informação, qualquer pista, pode ser importante. Vamos encontrar D. Beatriz, ou pelo menos tentar descobrir que trama diabólica está por detrás de tudo isto.
Muito obrigado a todos.
Email para contato ; jaiantonio42@gmail.com