quarta-feira, 3 de março de 2010

Peço desculpas

Eu sei, que este blog, apesar de simples, e singelo, tem admiradores, tenho por todo um profundo respeito. Reconheço-me muitas vezes até antipático, tal a veemencia com que abordo assuntos. Sempre fui assim, intepestivo, se algo ofende a mim ou a um amigo, da na mesma. Mas, surgem momentos na vida da gente em que nos questinamos se vale a pena brigar, espernear discutir se no fundo nada muda, as coisas erradas continuam acontecendo e apesar das melhores boas vontades, voce sai taxado(muitas vezes) e não é o meu caso, de traidor. Quando isto acontece, inclusive no seio da familia,o coração dispara,pois ser julgado, a revelia, e condenado não é para qualque um aceitar.
Vou dar um tempo, quero pensar.
A todos voces, meu carinho,meu respeito como é bom saber que tem tanta gente que comunga como eu das mesmas idéias.
Volto em breve.
Obrigado

2 comentários:

Alda do Crítica disse...

Amigo Jaí, é assim com todos nós. Beijar as mãos é tão fácil. Criticar é perigoso e arruma-se inimigos. Eu me lixo para isto. Se vejo algo errado critico porque as panelinhas na Nação brasileira são feitas por grupos de amigos, onde os mais espertos saem com os bolsos mais cheios.
Eu não participo de panelinhas. Luto de coraão aberto pelo que acho direito. Vamos à luta meu amigo. Vale à pena sim !

Descanse tua cabeça mas volte pra briga que ainda falta muito para ganhar a batalha.

Beijo da amiga de sempre (quase partindo da Bélgica para o Brasil)
Alda

edemar disse...

Jai, não podemos deixar de gritar. Aqueles que mais criticam e falam mal, estão lá em cima com o PODER na própria mão e não a estendem para ofertas e sim recebê-las. Nenhum dedo se move na direção das mãos que os colocaram lá, só para os componentes da cúpula corruptiva. Portanto, continue na luta gritando pelo bem comum que, talvez um dia, as bênçãos de Deus recaiam sobre tuas palavras.