quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Ao que parece.

A Minha Voz. 44
Jaí Antonio Strapazzon
Ao que parece..

A administração do PT e seus coligados, aqui e Sapucaia do Sul não está dando a devida atenção ao mandato autorgado pelas urnas. É muito desencontro, muitas controvérsias. Tem muita gente que dá mais valor em aparecer na mídia do que propriamente administrar, seja a sua secretaria, e ou diretoria.
No hospital, menina dos olhos da atual administração, parece que nada mudou, ou se mudou foi tão pouco que nem deu para perceber. A segurança também vai de mal a pior, o trânsito é uma zorra, o crack começa a dominar as vilas e bairros mais pobres continuam pedindo socorro.
E não venham com a historia das “câmeras de vídeo” até porque não concordo muito com esta idéia generalizada de que câmeras inibam alguma coisa, o que na verdade vai acontecer é que a marginalia afugentados do centro vai trocar o foco para a periferia, onde não existem câmeras, daí a pergunta: Resolve?
Outro ponto negativo, para não dizer uma grande “besteira” foi o fato de exumarem corpos no cemitério da palmeira, sob a falsa alegação de que estariam em dívida para com o município, como se sabe, por informações da equipe de transição, todos os arquivos referentes aos serviços de cemitério haviam sido destruídos, bem como programas de computadores, sendo assim fica praticamente impossível verificar pendências. E qualquer leigo sabe que o ônus da prova é de quem acusa, portanto que se prepare o autor desta bobagem porque ai vem chumbo grosso.
E tem mais, este tipo de serviço por tocar num ponto sensível da população, deveria antes ter sido divulgado através de edital de convocação à todas aquelas pessoas envolvidas, ou que tivessem pendências com a prefeitura.
Agora uma nova polêmica, a “limpeza do calçadão” por conta de uma lei municipal. Ora, esta lei agora desenterrada, é um tanto quanto absurda. É só caminhar pelo centro ou pelas ruas dos bairros para tomar conhecimento da verdadeira anarquia que impera quanto a construção de calçadas, querem um exemplo? Rua Francisco Brochado da Rocha esquina com Nossa Senhora das Graças ali na esquina do Bradesco, reparem na altura do meio fio, quase trinta centímetros, isto sem contar com rampas, declives,buracos,aclives, pedras soltas, entulhos, sujeira. Quer dizer se a ordem é limpar e regularizar vamos começar pelo mais importante, ou seja, calçadas decentes, passeios públicos em condições.
Com referencia aos “camelôs” tenho uma idéia bem mais simplicista. Primeiro, ofereçam um local adequado com instalações sanitárias, e de fácil acesso ao público, depois removam estes de onde estão. Independentemente do que comercializam afora drogas, roubos e congêneres, esta história de artigo pirateado pra mim não cola. Só estão na clandestinidade por não pagarem impostos, tal e qual o jogo do bicho. Basta colaborar com o governo, que fica tudo bem.
Mas, pra que tanto imposto, se uma parte vai acabar no salário dos vivaldinos e a outra em lugares incertos e não sabidos. 26/08/2009

Um comentário:

Laguardia disse...

Off Topic

Ola

Em conjunto com o Blog o Mundo by Thaís, estamos lançando uma campanha de protesto virtual para o período de 07 a 20 de setembro.

Gostaríamos muito de contar com a sua participação e a dos seguidores de seu blog.

Esta é uma campanha de todos os brasileiros patriotas e não de um ou outro blog.

A campanha é de todos nós que queremos um país melhor para nossos filhos e netos.

Detalhes em http://omundobythais.blogspot.com/ ou http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/

Divulgue esta idéia.

O Brasil mais do que nunca precisa de você!